Conecte-se conosco

Destaque

Chuvas de outubro diminuem média diária de incêndios florestais em Minas

Publicado

em

Os focos de incêndio em Minas Gerais diminuíram devido às chuvas que atingiram o estado. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a média diária de registros caiu de 600 para 114 chamas.

Caso os dias chuvosos continuem, o cenário pode melhorar ainda mais no estado. Segundo o tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, nos últimos três dias foram 114 ocorrências de incêndio em todo o Estado. Esse número ainda é significativo, mas em comparação ao período mais crítico do mês passado em que as ocorrências chegaram a 600 em três dias, as chuvas auxiliaram na redução dos incêndios florestais.

A chegada da primavera trouxe também a redução das temperaturas médias e o aumento da umidade do ar. Isso faz com que a vegetação fique mais resistente às possibilidades de propagação de incêndios, afirma Aihara. Não somente às chuvas, mas todo o quadro ambiental da estação favorecem cenário de redução dos incêndios.

O Porta voz do Corpo de Bombeiros conta ainda que com a previsão de pancadas de chuvas para os próximos dias, a tendência é que os números reduzam ainda mais. 

Historicamente, o período mais crítico para incêndios em Minas se dá entre a segunda quinzena de agosto e a primeira quinzena de outubro. Portanto, com o fim desse período a expectativa é de serenidade. De qualquer maneira é importante lembrar que apesar de sair do período crítico de seca os cuidados ainda são necessários. Além disso, o período de chuvas intensas entrará em breve, precisando de atenção também, finaliza Aihara.

Fonte: Itatiaia

Continue Lendo

Destaque

Gasolina fica 7% mais cara e diesel sobe 9%, reajusta Petrobras

Publicado

em

Por

A Petrobras comunicou, nesta segunda-feira (25), que os preços da gasolina e do diesel sofrerão nova alta nas refinarias a partir desta terça-feira (26).

O preço médio da gasolina passará de R$ 2,98 para R$ 3,19 (reajuste médio de R$ 0,21, 7,04%). 

Já o diesel passará de R$ 3,06 para R$ 3,34 por litro, reajuste médio de R$ 0,28 por litro (9,15%).

ICMS sobre o diesel congelado em Minas 

O novo reajuste já estará inserido no congelamento do valor de referência do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviço (ICMS) sobre o combustível em Minas, anunciado pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo). 

Com isso, a cobrança do ICMS pelo litro do diesel — que é de 15%, conforme definido pelo Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final (PMPF) — será mantida com os valores atuais. 

Ou seja, o consumidor mineiro será um pouco menos impactado com a nova alta.

Fonte: Itatiaia

 

Continue Lendo






+ Acessadas da Semana