Conecte-se conosco

Destaque

Homem é morto na frente de bar em Santos Dumont após briga

Publicado

em

Na noite de sexta-feira (21), a Polícia Militar recebeu diversas ligações anônimas comunicando que dois homens haviam sido esfaqueados em frente a um bar no Bairro Glória, em Santos Dumont. 

Durante deslocamento, os militares receberam informações de que uma das vítimas já teria sido levada para o hospital por populares. No local do fato, as viaturas policiais chegaram juntamente com a equipe médica do Samu que iniciou o atendimento à outra vítima. 

Os militares iniciaram diligências para saber o que tinha acontecido e conseguiram informações de que um homem, 36 anos, entrou no bar e aparentava estar sob efeito de entorpecente. Ele pegou um taco de sinuca e desferiu dois golpes com o taco nas costas de um homem, 35 anos. Eles começaram a discutir em função de um relacionamento que o homem de 36 anos teve com a irmã do de 35. O namoro já havia terminado, mas o homem ameaçava constantemente a ex-namorada. 

No meio do atrito, o homem de 35 anos foi retirado do bar por um amigo e juntos saíram de carro. Momentos depois, o homem retornou ao local sozinho e foi em direção ao desafeto e desferiu contra ele golpes com uma faca. Neste instante, um homem de 23 anos, que estava perto do ocorrido, tentou intervir na ação do autor, sendo também golpeado com a faca. Após o crime, o autor fugiu de carro. 

A médica do hospital em que a vítima de 23 anos estava internada informou que ele havia levado várias feridas no tórax. Ainda segundo ela, naquele instante, o paciente não corria risco de morte,mas permaneceria em estado de observação. 

Já o homem de 36 anos, durante deslocamento para o hospital, precisou de manobras de reanimação, teve três paradas cardíacas e veio a óbito. 

A polícia militar segue em buscas para localizar o autor, de 35 anos. 

Fonte: Assessoria de Comunicação 13 RPM 

Continue Lendo

Destaque

Operação Angry Bird prende oito pessoas e apreende mais 100 pássaros na Zona da Mata

Publicado

em

Por

Oito pessoas foram presas e mais de 100 pássaros silvestres apreendidos durante a Operação “Angry Bird” realizada nesta sexta-feira (20) pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e outros órgãos de segurança na Zona da Mata mineira e no estado do Rio de Janeiro. O objetivo da ação foi combater o tráfico interestadual de animais silvestres e lavagem de dinheiro.

Ao todo, foram expedidos pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Barbacena, 13 mandados de prisão e busca e apreensão em Juiz de Fora, Lima Duarte, Bias Fortes e Duque de Caxias (RJ). Deste total, 8 foram cumpridos.

Segundo o promotor de Meio Ambiente, Alex Fernandes, os envolvidos formaram uma organização criminosa destinada exclusivamente ao tráfico de animais silvestres, sendo a única fonte de renda deles.

Os pássaros eram caçados em Juiz de Fora, Ibitipoca, Lima Duarte, Bias Fortes.
Além do tráfico e lavagem de dinheiro, os investigados também são acusados de maus-tratos de animais e comércio irregular de arma de fogo.

Continue Lendo

+ Acessadas da Semana