Conecte-se conosco

Destaque

Planos de saúde podem ter aumento recorde no preço em 2022

Publicado

em

A definição vai ser feita pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), vinculada ao governo federal, mas os percentuais estimados apontam para uma alta que pode chegar a 18%. 

O presidente da Associação Brasileira de Planos de Saúde em Minas, Célsio Diláscio, defende o aumento nas mensalidades. “Inicialmente falamos sobre um custo crescente das tecnologias de saúde, mensalmente essas empresas batalham por um lucro líquido de 2 a 3%, mas na realidade a maioria fecha o ano no vermelho. Na pandemia os planos tiveram os seus reajustes suspensos. Tudo isso tem prejudicado o equilíbrio das operadoras. Apesar de tudo que a sociedade tem vivido, nós acreditamos que as operadoras precisam desse reajuste para a sua sustentação”, explica.

A advogada especialista em direito do consumidor, Sabrina Machado, explica o que os planos justificam ao pedir aumento à ANS. “Eles alegam que houve um aumento da busca dos beneficiários e consequentemente um aumento dos atendimentos médicos assim como aumento dos materiais e medicamentos. As operadoras afirmam que esse aumento é por causa disso e por causa da inflação. Quando eles fazem a determinação de um ajuste, eles passam para a ANS que faz a avaliação e verifica se é um reajuste justo”, explica.

A estimativa, segundo a advogada, é de 15 a 18%, o maior reajuste até então. “Esse valor é avaliado pelo setor de acordo com o último ano que teve esse aumento. Porém, quando a gente avalia em 2020 que estava no auge da pandemia, os beneficiários não deixaram de pagar o plano de saúde mas começaram a não ir tanto nas consultas e fazer a quantidade de exames que estão acostumados. Então, os planos de saúde tiveram um menor atendimento, porém, eles não deixaram de receber durante esse período”.

Os contratos têm a previsão de que quando os beneficiários quiserem sair, ele pode fazer isso desde que haja um aviso prévio em um prazo de 60 dias antes dos 12 meses de conclusão do contrato. Porém, em 2020, o Tribunais Regionais Federais (TRF) já retirou essa fidelização, ou seja, o beneficiário não precisa ficar os 12 meses. Hoje em dia os tribunais já têm retirado essa cobrança de multa. 

Continue Lendo

Destaque

Receitas caseiras de inalação para melhorar o nariz entupido

Publicado

em

Por

A chegada de uma intensa onda de frio no país deixou todo mundo um pouco abatido. Essa queda brusca de temperatura aumenta os quadros de gripes e resfriados e o nariz entupido é um problema que atrapalha muita gente. 

Mas não são as secreções dessas doenças que deixam seu nariz entupido, os vasos sanguíneos presentes nas membranas que forram a parte interna das narinas fica inflamado e dificulta a respiração, algumas inalações caseiras podem ajudar. 

O método é fácil e barato, basta ferver água com ervas medicinais, sem coar, despejar em uma vasilha e inalar o vapor, com distância aproximada de 20 cm. Para potencializar o benefício, coloque uma toalha sobre a cabeça. 

A nutricionista da Associação Brasileira de Fitoterapia, Aurea Astulla, lista algumas receitas:

INALAÇÃO COM CHÁ DE GUACO:

Ingredientes:

1 litro de água

1 colher (sopa) de folhas frescas de guaco

Modo de preparo:

Ferva 1 litro de água com 1 colher (sopa) de folhas frescas de guaco e despeje em uma bacia, com cuidado para não se queimar. Inale o vapor do chá por 15 minutos. Repita o procedimento todas as noites até que note uma significativa melhora.

INALAÇÃO COM CHÁ DE GENGIBRE E LIMÃO:

Ingredientes:

1/2 litro de água

1 colher (sopa) de gengibre fresco

1 limão

Modo de preparo:

Em uma panela, ferva 1/2 litro de água com 1 colher (chá) de gengibre fresco picado e 1 limão cortado. Despeje em uma bacia com cuidado para não se queimar. Cubra a cabeça com uma toalha e inale o vapor do chá por 15 minutos.

INALAÇÃO COM CHÁ DE CAMOMILA:

Ingredientes:

1/2 litro de água

1 colher (sopa) de camomila

Modo de preparo:

Ferva 1/2 litro de água com 1 colher (sopa) de camomila e despeje em uma bacia, com cuidado para não se queimar. Inale o vapor do chá por 15 minutos. Repita o procedimento todas as manhãs e noites até que note uma significativa melhora.

Continue Lendo

+ Acessadas da Semana