Conecte-se conosco

Destaque

Padre barbacenense é acolhido na Paróquia Nossa Senhora do Pilar em Ouro Preto

Publicado

em

No último domingo (23), o padre Wagner José Nascimento Balbino foi acolhido e apresentado como novo vigário paroquial da Paróquia de Nossa Senhora do Pilar, em Ouro Preto (MG). A celebração eucarística foi presidida pelo pároco, padre Adilson Luiz Umbelino Couto, e concelebrada pelo vigário paroquial, padre Daniel Fernandes Moreira, contou também com a participação de alguns membros da família do novo colaborador desta comunidade como sua avó e seus dois irmãos, além do sobrinho, uma tia e dois primos.

Após a leitura da provisão pelo padre Daniel, o padre Adilson Couto manifestou sua alegria e gratidão a Deus e ao Arcebispo Metropolitano de Mariana, Dom Airton José dos Santos, pelo envio do novo colaborador para a paróquia. A sua vinda foi considerada como um presente de natal, e isso também foi recordado na introdução da homilia do pároco. Ao final, Rita Cota expressou sua saudação e alegria pela acolhida do jovem sacerdote em nome de todos os paroquianos.

O padre Wagner Balbino foi ordenado sacerdote no dia 04 de dezembro de 2021 na Basílica do Sagrado Coração de Jesus, em Conselheiro Lafaiete (MG). A sua experiência pastoral como diácono foi na Paróquia de São José, em Barra Longa (MG), e depois nas paróquias de Nossa Senhora da Assunção, em Mariana (MG), e São Gonçalo, em Amarantina (MG).

Fonte: Arquidiocese de Mariana

Continue Lendo

Destaque

Operação Angry Bird prende oito pessoas e apreende mais 100 pássaros na Zona da Mata

Publicado

em

Por

Oito pessoas foram presas e mais de 100 pássaros silvestres apreendidos durante a Operação “Angry Bird” realizada nesta sexta-feira (20) pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e outros órgãos de segurança na Zona da Mata mineira e no estado do Rio de Janeiro. O objetivo da ação foi combater o tráfico interestadual de animais silvestres e lavagem de dinheiro.

Ao todo, foram expedidos pela 3ª Vara Criminal da Comarca de Barbacena, 13 mandados de prisão e busca e apreensão em Juiz de Fora, Lima Duarte, Bias Fortes e Duque de Caxias (RJ). Deste total, 8 foram cumpridos.

Segundo o promotor de Meio Ambiente, Alex Fernandes, os envolvidos formaram uma organização criminosa destinada exclusivamente ao tráfico de animais silvestres, sendo a única fonte de renda deles.

Os pássaros eram caçados em Juiz de Fora, Ibitipoca, Lima Duarte, Bias Fortes.
Além do tráfico e lavagem de dinheiro, os investigados também são acusados de maus-tratos de animais e comércio irregular de arma de fogo.

Continue Lendo

+ Acessadas da Semana